Ao toque do amor de Deus, você recebe vida e vida em abundância.

terça-feira, 17 de julho de 2018

Meus Toques - O passado da Mocinha






É isso...hoje, eu vim esclarecer sobre o passado da Mocinha.
Depois, de um ano e 4 meses, convivendo com esta gatinha  linda, boazinha, ágil,  brincalhona, esperta e aventureira, encontrei  com Moara, adotante da gatinha.
Isso ocorreu, no dia 13 de julho (sexta-feira) e ela, me esclareceu muitas coisas.
Segundo Moara, o nome da gatinha era Mafalda, que foi adotada  com 4 meses de vida em 2015 e hoje conta com 3 anos de idade. Disse: que a gatinha tinha medo de rua e que nunca saiu de casa mas, aos 18 de fevereiro de 2017, ela desapareceu.
Não se sabe o que aconteceu com ela, mas eu entendo que Mafalda saiu de casa pra conhecer o mundo, se perdeu e não conseguiu encontrar o caminho de volta.
Pelo estado físico e emocional  que eu a encontrei,  creio que nestes dezessete dias que esteve nas ruas,ela enfrentou muitas dificuldades, passou fome e  por momentos muito ruins  mas, foi guerreira,não se entregou, não desistiu da vida e sobreviveu.
E,foi assim que eu a encontrei.... Na manhã do  dia 6 de março de 2017,uma gatinha frajolinha, me chamou a atenção. Estava muito magrinha, desorientada e assustada. Faminta,miava muito e entendi que precisava de ajuda  e foi assim que  Deus deu a ela um novo recomeço e  nós duas recebemos o novo de Deus.
Ela, recebeu um novo nome, encontrou um novo lar e uma nova família que a ama muito e eu recebi um presente sem igual.
Um mês por aqui, recebendo carinho, conforto e boa comidinha, ela se recuperou e ganhou peso. Estava saudavel  mas, vivia muito nervosa. Creio que o estresse emocional que ela passou, desencadeou uma doença, a epilepsia. Várias vezes entrou em crise e sofreu alguns ataques mas, desde que iniciou o tratamento,ela nunca mais convulsionou e agora esta bem e vive tranquila.
Uma das coisas que ela gosta muito é de brincar de correr, de subir em árvores e de receber um chamego. Ooohhh..como ronrona!
Mocinha, é minha florzinha! e ela é assim... uma criançona! que sabe bem o que quer e tem uma personalidade que é só dela. Livre -  Aff! como ama a liberdade.
E assim..ela vai vivendo felizinha da vida.






Que Deus continue te abençoando e me ajudando a te proteger e cuidar do teu bem estar.
Te amo muito e você é muito especial pra mim... minha linda Mocinha!





segunda-feira, 9 de julho de 2018

Meus Toques - Festa pro Gui e para o Tony




Eeehhhh...e lá se foi dia 5 de julho e os gêmeos completaram 5 aninhos.

Estou, completamente feliz em vê-los tão saudáveis e crescidos.
Apesar de serem irmãos, possuem temperamentos bem diferentes  mas, uma coisa eles têm em comum são carinhosos e atenciosos. Oooohhhh! é um amor que não tem igual.
Eu  peço, a Deus que me dê condições de cuidar bem de vocês, que  tenham uma vidinha boa e muito feliz, que  não lhes falte nada e que nem passem por nenhuma dificuldade.

Felicidades, sempre!






segunda-feira, 28 de maio de 2018

Meus Toques -Chegou! O bebê Juninho



Ele é mais um  bebê, que a vida me presenteou.

Tudo, começou assim...
No inicio, da noite do dia  11 de maio, estava parada num estacionamento em frente a uma lanchonete quando vi um gatinho pequenino. Fui dar uma olhadinha e vi que era ainda um bebezinho e que pra sobreviver,  estava  comendo guardanapo de papel.
Fui até o lancheiro e perguntei sobre o gatinho e o homem me disse : - que já estava ali a cinco dias e que a noite ele chorava muito. Pobrezinho!sozinho, tão indefeso e com fome.
Meu coração não aguentou ver aquela situação, chorei muito e tentei resgatá-lo mas, ele estava muito arisco e medrosinho. Então, comecei a levar ração, água, leite e pastinha e deixava atras da lanchonete e também, debaixo da casinha do chaveiro. A  minha ideia, era  atrair  a confiança dele, mas quando  eu me aproximava, ele  corria e se escondia. Era triste, ver a situação na qual ele estava vivendo mas, apesar de tudo eu sabia que , pelo menos ele estava se alimentando.
Os dias se passaram e  no dia vinte e um consegui resgatá-lo. É um garotinho lindo mas muito assustado, desconfiado e estressado. 
Sei, que é pela situação que se encontrava e por ter sido afastado de sua mãezinha, pelo abandono, pela indiferença  e pelo coração endurecido das pessoas que ali estavam.
Estamos nos relacionando muito bem, conversamos bastante e agora ele está mais calminho, já brinca, me reconhece e  apesar de ainda dormir sempre alerta ele não sofre mais.
Sei, que os maus  sentimentos e os momentos tristes daqueles dias vão passar e  em seu coraçãozinho haverá paz e alegria.
Agora, ele tem um nome, tem um lar, tem uma família, tem atenção, tem carinho, tem proteção e acima de tudo tem respeito.


Meu guerreirinho!
Sua vidinha é muito preciosa!








Em casa, há um dia  (22 de maio)


Em casa, há uma semana (28 de maio)


Mesversário do pimpolhinho: 1 mês em casa (21 de junho)
Tá sapeca, adora brincar de lutinha e... como cresceu!!!
ah...e tem um olhar tão doce.

Juninho e seu amigo Jeremiah aos 8 de julho
Ebaaa!!!Esta ficando banguelinha, 
isso quer dizer que já tem  4 meses de vida.
Então, ele deve ter nascido em março.


segunda-feira, 14 de maio de 2018

Meus Toques - Prince Jared


O principe Jared!
O dia das mães, não terminou bem pra mim. Minha amiga Giovana , me trouxe uma noticia muito triste.
Que o seu filhotinho Jared, foi morar no céu dos gatinhos,que ele partiu e virou uma estrelinha.
Como eu já disse, quem ama os gatinhos tem um coração enorme e sempre cabe mais um nele. E o Jared, foi um peludinho que preencheu meu coração.
Que difícil está sendo aceitar esta perda. Ele era tão dócil, meigo, muito charmosinho e elegante.
Sua pelagem toda branquinha, igual a um floquinho de neve, olhos azuis como o céu, narizinho e as almofadinhas das patinhas todas branquinhas e com uma cauda longa e muito peludinha.Um gatolindo e sua beleza também era refletida no seu coraçãozinho.
Seu jeitinho todo carinhoso, logo me conquistou e toda vez que me via era uma alegria só pois,vinha correndo ao meu encontro e já dava dois passinhos, deitava, miava pedindo carinho naquela pancinha gordinha e eu aproveitava e acariciava suas bochechinhas também.E, ele ronronava e, era assim até dar o tempinho dele de ter a atenção e o carinho que ele tanto queria.Tudo isso, fazia tão bem pro meu coração.
Era um adolescente sapeca, queria ser livre e apenas, passear por ai. Adorava, brincar de pega-pega com os outros gatinhos-amigos ( Mocinha e  Téo)  e toda manhã o que ele mais fazia era correr atrás dos calanguinhos e assim, entre mimos,brincadeiras, sonequinhas e  dar um rolêzinho, ele aproveitava ao máximo os seus  dias.
Mas, ele se foi  e... deixa saudades imensas.


Jared - nome que significa aquele que faz parte da família.
Sua vidinha teve um propósito. Ter uma vida com liberdade plena e isso ele conseguiu, a vidinha dele mudou totalmente do que era antes. E foi por isso, que ele escolheu a Gi, pra fazer parte de uma família que o respeitou, cuidou e o amou plenamente.
Tenho certeza, que ele foi feliz, mesmo por  um tempo tão curto pois,a gente o acompanhava a cada dia.
Gi, força, amiga! você é o anjo que o Senhor colocou na vidinha do Jared, pra preencher com amor os seus dias.
Pra sempre! Mamãe e eu vamos, lembrar deste príncipezinho lindo.






Um toque da amiga Giovana,
Querida amiga...hoje, consegui abrir a mensagem no aotoquedoamor que você deixou para meu gatinho, estou em lágrimas e sussurros!
 Obrigada pelas palavras de carinho . O seu coração é gigante e tem respeito garantido no meu. Você é amada por Deus. A dor, vai passar e só ficaram boas e lindas lembranças!